Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Grupo Folclórico "Tradycje Polskie" de Irineópolis recebe recursos da Fundação Volens, da Polônia

Publicado em 06/12/2022 às 14:45 - Atualizado em 06/12/2022 às 14:45

Um ano marcado pela imersão na cultura polonesa. Em 2022 o Grupo Folclórico Polonês Tradycje Polskie, do Núcleo Escolar Presidente Adolfo Konder, foi contemplado em concurso desenvolvido pela Fundação Volens, da Polônia, para a implementação de projetos por polos brasileiros.
 
A fundação destinou cerca de R$9 mil para o grupo, que utilizou os recursos para custear oficinas sobre a cultura polonesa. Os treinamentos foram realizados com 28 alunos, entre estudantes do terceiro ao quinto ano das séries iniciais e do sétimo ao nono ano das séries finais. “Os alunos participavam das oficinas no contra turno escolar. Essas atividades contribuíram com a aprendizagem de danças e costumes de duas regiões da Polônia: Kurpie e Kaszuby”, conta o professor e coreógrafo Quelson Marcelo Brito.
 
Os recursos destinados pela Fundação Volens também subsidiaram as despesas de alimentação dos estudantes em viagem; a aquisição de acessórios poloneses; material de divulgação além da compra de camisetas para o grupo infanto-juvenil. “Esse apoio foi fundamental para fortalecer ainda mais o Grupo Folclórico Polonês Tradycje Polskie, que resgata tradições, valoriza a cultura e aproxima as crianças e jovens de suas origens”, destaca a diretora do Núcleo Escolar Adolfo Konder, Andreia Kaschuk Janiszewski.
 
Em 2022, além do apoio da prefeitura com espaço para ensaios, pagamento do professor, da alimentação dos estudantes além do fornecimento de transporte para apresentações; e da Fundação Volens, o Grupo Folclórico Tradycje Polskie também recebeu recursos do Governo do Estado para a aquisição de novos trajes, utilizados em apresentações como as realizadas no Festival “Dança Catarina”, onde o grupo conquistou o primeiro e o segundo lugar na categoria dança popular infantil. Os recursos foram viabilizados pelo deputado estadual Fernando Krelling, atendendo ao pedido realizado pela vereadora Dircélia Nicoluzzi.